FanFic Nacional
Inscreve-te no fórum para teres acesso a comentários, galerias e votações.

Livre Arbítrio...

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Livre Arbítrio...

Mensagem por Vallda em Ter Set 03, 2013 8:12 pm

Não tenho tempo,
meu humor é negro
e o relógio pára sempre na hora certa...
Não tenho duvidas,
raramente me engano
e a saudade a mim incomoda
mas não me aperta...

Eu não faço anos, faço momentos...
Não calo nada, falo em silencio...
Não grito ao mundo,
tenho o meu espaço...
e sinto o abraço
do meu corpo em mim...
Não sinto a morte em cada dia
apenas, em cada momento o inicio do fim...

Eu não tenho mágoa,
nem preconceito,
nem inercia,
nem preguiça...
ganho sempre a batalha
entre mim e a areia movediça...

Eu não sei o que é chorar para sempre
revolto pelo eternamente
mesmo que a eternidade não exista
Desistir
é uma peça de roupa,
uma fruta,
uma musica
que não fazem parte da minha lista...

Não sigo a moda
não me interessa a cor
não sei dar valor
a coisas insignificantes
Não importa o antes
nem mesmo o futuro

O presente é para desembrulhar
Há um preço a pagar
e um tiro no escuro...

Só quero o que é meu,
não aceito dádivas
nem moedas caídas do céu,
não tenho receio
e creio
que para mim, não há
ninguém mais importante do que eu...

Rasguei um ventre para explorar florestas
e casas assombradas...
E os barcos que afundaram
já são favas contadas...

Não invejes minha gloria
repito, revolto pelo eternamente...
Por isso esquece a minha historia
mas lembra te de mim p'ra sempre...

Vallda
avatar
Vallda
Brontë
Brontë

Histórias Publicadas : -----------

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Livre Arbítrio...

Mensagem por Esgon em Sex Set 27, 2013 4:19 pm

Tirando a falta de acentos que aí tens e que me consomem a alma não tenho grande coisa a apontar tirando as seguintes.

A maneira como fizeste as rimas faz com que o poema pareça uma canção. É um bocado fraquinho (não é bem esta a palavra que quero empregar). Corres as palavras com a rima e por isso talvez não tenha o significado que pretendes. Estes poemas rimados precisam de ser imensamente trabalhados e, na minha opinião (que também escrevo poesia como se ela me corresse nas veias), não deviam ser escritos sem se pensar durante muito tempo neles.

Devias optar por fazer uns exercícios sem rima antes de escreveres assim.
avatar
Esgon
Caloir@
Caloir@

Histórias Publicadas : -----------

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum