FanFic Nacional
Inscreve-te no fórum para teres acesso a comentários, galerias e votações.

Vida de Mulher

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Vida de Mulher

Mensagem por Anne Margareth em Ter Jan 29, 2013 5:56 am

Estive a ler a Crónica Ser Mulher no Fanfic Nacional escrita por DeathlessNokas e sei que um dos períodos maus da Mulher é quando se tem a menstruação, por experiência própria, mas não sei porquê não concordo. Sim, em parte concordo, mas há outra parte que me salta dentro de mim, que não quer ficar calada não sei se é o meu espírito argumentista ou uma profunda teimosia, em não querer ficar calada, no fundo em querer ter sempre razão em tudo. Em fundamentar e arranjar argumentos para quase tudo se não para tudo, enfim manias.
Li já há algum tempo no Facebook um comentário de uma cara conhecida de todos nós, algo que dizia na sua essência que: As mulheres não são menos que os homens porque:
“ Conseguem estar sete dias a sangrar [sem ir ao médico], ter um peso de três quilos na barriga durante nove meses, e passar uma noite a chorar e de manhã irem trabalhar como se nada tivesse acontecido” [Fonte: Joana Alvarenga]

Sim é verdade, as mulheres conseguem fazer isso tudo, mas se virmos bem, os dois pontos de vista ambas falam naquele período terrível para todas as mulheres, é verdade mas nenhuma mencionou que a vida de uma Mulher é também muito dura. Senão vejamos:
A mulher, desde muito cedo, foi a ideal do lar, era ela quem tratava da casa, do marido, e dos filhos. Tinha que casar virgem, senão ninguém a queria para casamento e era rotulada para sempre de “Puta”, quando se casava tinha de saber cozinhar, limpar, passar a ferro, cuidar de casa e da economia do Lar. Era como um Victor Gaspar mas doméstico, e privado, particular. Ainda tinha que servir ao marido, mesmo que não lhe apetecesse. Um se prepare que hoje eu vou-lhe usar há coronel Jesuíno, de Jorge Amado.
Mas a vida de Mulher não se pode resumir só a isto. Hodiernamente, uma mulher estuda para saber mais, para ser empregue num melhor trabalho. Para desempenhar melhor as suas funções, e, por isso ser calculado um salário igual ao do homem que desempenha as mesmas funções, no mesmo sector. Sem que para isso lhe seja atribuída qualquer desvalorização, ou irregularidade, perante um colega, casa mesmo sem ser virgem cada vez com menos medo de ser rotulada.
No período de amamentação do seu primeiro filho a mulher pode abandonar o seu posto de trabalho, para alimentar o bebe. Em casa, as tarefas da mulher são reduzidas ou pela ajuda de uma terceira pessoa, ou por potenciais electrodomésticos que nos ajudam imenso, nas nossas tarefas domesticas.
Tem períodos de sono reduzidos, uma vez que uma excelente dona de casa é a ultima a deitar e a primeira a levantar, para quê? Ora quando tem trabalho fora de casa, e tem marido, filhos, deve á noite deixar tudo pronto para o dia seguinte sair o mais rápido possível de casa, por outro lado, de manha é a primeira a levantar para preparar a primeira refeição do dia, o pequeno almoço, e fazer a cama para deixar tudo mais ao menos orientado para à noite no regresso a casa poupar mais tempo e assim poder descansar mais. Portanto, meus caros amigos, mulher é isto tudo e mais alguma coisa.
Ahm! Mas como isto é uma crónica não vos vou fazer ler mais. Numa perspectiva etimológica não nos podemos centrar só no conceito de menstruação, sim! É, no fundo, uma característica importante, mas há mais coisas que especificam a Mulher, e uma delas é o facto dos horários de descanso.
Eu sou mulher e adoro, não queria nunca ser homem, gosto de mim como sou cheia de defeitos e qualidades, todavia se fosse homem também gostava, contudo nasci mulher.
Pensa nisto.
avatar
Anne Margareth
Brontë
Brontë

Localização : Lisboa

Histórias Publicadas : -----------
A Força d'um Amor (+18) Tomo I: Amor Imortal

http://annemargarethfanfics.tumblr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vida de Mulher

Mensagem por DeathlessNokas em Ter Jan 29, 2013 8:25 am

Concordo em certas coisas... Mas há tanto mais em ser mulher!

Deveres e obrigações "estúpidas" -- dou-me por feliz por ter nascido na época em que nasci. Caso não tivesse sido assim, revoltar-me-ia de certeza, pois já me começo bem demais para saber isso, e acabaria como pária da sociedade. Assim sendo, como nasci na época em que nasci, não sei fazer camas; quando o meu namorado vem a minha casa, vê a minha cama desfeita e fá-la. E sim, é homem. Dou razão às minhas avós quando dizem que sou "pior que um homem" no que toca a organização, mas ao mesmo tempo não quero concordar com elas, porque é estúpido ter de ser mais organizada que eles só porque uso sutiã... No mesmo sentido, também me revolto e fico possessa quando me vêem com o "devias ser mais prendada!" ... Carago, sou mulher, não dona de casa --- que nunca serei, obrigada e bom dia!

Há muito mais do que isso em ser mulher... Fora essas dificuldades todas, e todos os estereótipos com que ainda temos de levar no século XXI... temos taaanta sorte por sermos como somos!

Para começar, somos naturalmente sensuais, somos queridas e carinhosas, somos capazes de fazer 30 coisas ao mesmo tempo enquanto planeamos mais 50 para fazer 5 minutos depois... Somos verdadeiras predadoras do sexo oposto, mesmo quando não o sabemos ou sentimos; nós fazemos com que eles venham atrás de nós. Dito isto: somos nós que temos o último dizer na coisa, portanto, somos predadoras que se deixam caçar ( esta última frase serve só para eu poder usar uma metáfora e linguagem feias, hahaha),

Somos misteriosas, mesmo quando nos consideramos um livro aberto. Por muito inseguras que sejamos, assim que descobrimos uma parte do nosso hipotético potencial, somos rainhas do mundo apenas porque somos mulheres.

Somos os pilares da sociedade porque sem o lado cor-de-rosa feminino, isto tombava tudo. Somos fortes e resistentes e aguentamos imenso sempre graciosas e elegantes. Somos femininas e isso, por si só, já é a coisa mais fixe do mundo.

Honestamente, não quero ter uma pila; adoro ser mulher!

No entanto, e como afirmei na crónica aqui mencionada, opaaah, há dias negros. Muito negros. Suuuper Negros. "Himalaias" de Negros!


.....E, no fundo, no fundo, embora eu nem sempre me consiga ver assim tão positivamente, , vejo-me a mim e a todas as mulheres como donas de uma magia única, como seres quase irreais de tão magníficos. Apenas porque somos mulheres. Isso não o sei explicar, apenas o vejo e sinto. Mas é bom. Ser mulher é bom!


E este comentário não faz grande sentido porque não durmo há cerca de 35 horas. Mas pronto.
avatar
DeathlessNokas
Bocage
Bocage


http://www.mansaodasletras.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vida de Mulher

Mensagem por Fox* em Ter Jan 29, 2013 4:19 pm

Bem, nós devíamos ter aqui um homem a comentar e dar o ar de sua justiça mas, e enquanto um deles não nos cai do céu, cá estou eu!

A mulher não é fraca, nem nunca foi. Eu gostava de ver muitas boas pessoas por aí a aguentar a quantidade de tarefas, pensamentos e sentimentos (estes pesam mais que todos os outros empilhados sobre cargas de cimento, todas sabemos bem isso) que as mulheres aguentam dia a dia e ainda arranjar forças para sorrir e continuar no dia seguinte. Nem sequer estou a falar de crianças, amamentação ou menstruação, mas sim de rotinas quotidianas que nos foram impostas há muito, não vão mudar tão cedo e nós "aturamos" (umas mais que outras) sem grandes hipóteses de fuga e, ainda assim, conseguimos fazer de nós alguma coisa de útil. Isso é força e muito mais importante e difícil de manter que a física

Eu acho que, e durante muito tempo, a mulher vai ser sempre vista como mais fraca. Não nos enganemos, não é porque agora podermos sair à rua para trabalhar em vez de ficarmos em casa que significa que já atingimos qualidades e direitos semelhantes aos homens. As mulheres continuam a ganhar menos salários que os homens no mesmo escalão, as mulheres continuam a precisar de uma associação que valha os seus direitos que muitos esquecem, as mulheres continuam a precisar de mover céus e terras nalguns buracos do mundo para conseguir estudar. Mas vêem alguma mulher de braços cruzados ou a fazer birra e desistir do que já tem por causa disso?
"Oh sim, amanhã às sete" seria o que uma amiga minha diria e muito certa.

Nós somos o máximos, somos! E somos, não por causa das nossas características físicas (até porque isso foi sorte no código genético) mas por causa da força psicológica que quase todas nós temos. E isso não é genético, é único.

(Vamos só cá explicar que eu não quero menosprezar homens, sim? Quero prezar mulheres :) )!

Fox*
Moderadora
Moderadora

Localização : Debaixo da Cama

Histórias Publicadas : -----------

http://aroundmylittleworld.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vida de Mulher

Mensagem por DeathlessNokas em Ter Jan 29, 2013 7:15 pm

Sim, tens toda a razão, Fox. Não queria menosprezar o psicológico e sentimental ao frisar o físico... Queria dizer que tudo transparece no físico; ou não seríamos sensuais se não tivéssemos uma força enorme; não teríamos esta espécie de magia se não tivéssemos uma resistência impressionante e uma capacidade de sobreviver um bocado estranha.

Isso tudo se nota e impressiona quem olha. Nunca vi nenhum homem a provocar o tipo de reacção que a protagonista de "Memórias de uma Gueixa" provocou quando saiu à rua como gueixa. Já vi amigos meus a irem contra coisas porque ficaram deslumbrados com o ar (ou 'aura', que acho que explica tudo melhor) de uma rapariga. Somos impressionantes por sermos tão grandes; isso nota-se mesmo... Quer seja a nossa paz, a nossa força, a nossa capacidade de amar incondicionalmente (a não ser que no-la arranquem de vez, claro...) e o desejo de cuidar dos outros que talvez nem sempre nos apercebamos que temos... Entre muitas coisas mais.

Além disso, nós temos ganho tanta coisa porque somos umas lutadoras incríveis. Em lugares como Portugal, onde até se fazem anúncios de artigos para bebés com o Pai como figura principal, ainda temos de nos fazer valer de uma força interior incrível para não explodirmos quando nos mandam para a cozinha... Mas, hei, não vamos. Não vamos enquanto não formos acompanhadas; porque não somos injustas ao ponto de obrigar alguém a fazer algo para nós; não somos assim egoístas -- o altruísmo vem do amor incondicional e dos sentimentalismos que o nosso lado maternal nos provoca...

Somos mulheres. Somos mesmo fixes, independentemente daquilo que resolvermos salientar, aqui ou ali.


PS: sim, há a falta de um argumento masculino nisto tudo XD

avatar
DeathlessNokas
Bocage
Bocage


http://www.mansaodasletras.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vida de Mulher

Mensagem por Anne Margareth em Qui Jan 31, 2013 5:33 pm

As Mulheres são fortes, corajosas, independentes, são justas, queridas, sensuais e sabem utilizar todas as armas para conseguirmos ser amadas, no fundo sabemos usar bem os beneficios da nossa beleza para sermos atractivas para o sexo oposto.
Concordo! Eu adoro ser mulher, não só pelo facto de o ser, adoro porque acho que as mulheres são inteligentes, porque penso que as mulheres são os pilares da nossa sociedade, por que a meu ver as mulheres mesmo passando por todos os sacrificios nunca deixam de ser quem são, porque apesar das dificuldades do dia a dia, vão há luta para vencer e enquanto isso não acontecer não desistem até haver um dia que o seu sonho se realiza ou pelo menos o impossível se torna possível, uma mulher, por vezes, sabe ouvir, sabe aconselhar," sabe dar a sua voz" para os problemas do quotidiano. Todas as mulheres têm que ser inteligentes, perispicazes, sabem dar a volta a qualquer situação que lhes surja.
De facto, a questão dos salários existem muitas mulheres que ganham menos do que os homens, dependendo do cargo que ocupam e outras que no contrato de Trabalho assinam uma clausula que enquanto membros de uma determinada empresa não podem engravidar, aí já se torna injusto só pelo simples facto de ser mulher não pode ter filhos, por que um administrador não sabe se poderá contar com a mesma funcionária até ao fim do seu contrato de Trabalho ou não, o que é punido por lei penal. Neste contexto, do Direito do Trabalho também há mulheres que são assediadas sexualmente ou moralmente pelo empregador, outra medida que é punida por lei.
Existem muitos direitos subjectivos que já adquirimos e outros ainda há que precisamos de adquiri-los.
Mas, continuo a adorar ser mulher. Ser Mulher é fantástico, é um dom da natureza.
Beijinhos.
avatar
Anne Margareth
Brontë
Brontë

Localização : Lisboa

Histórias Publicadas : -----------
A Força d'um Amor (+18) Tomo I: Amor Imortal

http://annemargarethfanfics.tumblr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vida de Mulher

Mensagem por Fox* em Sab Fev 02, 2013 5:31 pm

Deathless, tens toda a razão e eu não queria menosprezar o físico das mulheres! Quer achemos, quer não (porque a nossa mente e auto estima nunca estão bem em sintonia com a realidade do nosso corpo!), nós somos e temos armas de sedução fantásticas! Queria ver uma mulher parar no meio da rua a olhar para um homem só porque ele tem pernas bonitas! *Lançamos um olhar de viés e tiramos as medidas todas assim :) *

A verdade é que somos fortes porque fomos obrigadas a sê-lo durante séculos (ou mesmo milénios de evolução). É verdade que temos leis a proteger-nos e a preservar os nossos direitos, mas o que faz uma lei quando a pessoa tem medo de falar? Vítimas de violação ou abuso sexual não vão à polícia porque, ainda hoje e em países "desenvolvidos", estes casos e estes atos são muito difíceis de provar e levar a sério! Até à bem pouco tempo, a violação no casamento era impensável porque "se a mulher casou, a mulher aceitou um compromisso para tudo com o marido"! No entanto, a mulher agarra nestas ideias preconceituosas e sexistas (e estou, mais uma vez, a falar do sexo feminino mas estes casos também existem no universo do sexo oposto) e tenta mudar a opinião e as legislações em seu benefício enquanto mantém a sua vida!

Nós somos fantásticas! Nem todas, admito, há casos no nosso género que me fazem repensar na teoria da evolução das espécie, e nem sempre, porque como eu gostava de ter a minha vida facilitada se fosse homem em certas alturas (também acho que eles pensam assim e que, volta e meia, queriam ser mulheres), mas uma grande maioria de nós, numa grande maioria da sua vida, é fantástica! Verdadeiras heroínas!

*Sorry pelas confusões e sentidos perdidos. Eu, em argumentação, sou um caso perdido :) *

Fox*
Moderadora
Moderadora

Localização : Debaixo da Cama

Histórias Publicadas : -----------

http://aroundmylittleworld.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vida de Mulher

Mensagem por DeathlessNokas em Seg Fev 04, 2013 2:47 am

Esta conversa fez-me lembrar isto (imagem mais abaixo) que pus no face há uns dias...





*****

Imagens à parte, concordo em muita coisa do que as duas disseram e, concordo contigo nesse teu argumento final, Fox: aposto q eles às vezes também gostavam de ter de gastar 50€ em cada conjunto de roupa interior ... XD (se for pra ser sexy e giro e confortável e de boa qualidade, é caro... E, fora essa pequena menção, tenho a dizer que não estava a ser irónica, acredito mesmo q, às vezes, eles gostassem de inverter os papéis..)
avatar
DeathlessNokas
Bocage
Bocage


http://www.mansaodasletras.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vida de Mulher

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum