FanFic Nacional
Inscreve-te no fórum para teres acesso a comentários, galerias e votações.

[Desafio 500 Palavras] À busca de um novo amor

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Desafio 500 Palavras] À busca de um novo amor

Mensagem por Anne Margareth em Qua Jan 02, 2013 8:14 pm

Olá, olá!!!
Deixo-vos aqui o 1º Capítulo deste desafio, espero dar fim a isto, e espero que gostem. Como ando muito apaixonada... lol:)
Beijinhos, fan Joana Alvarenga.
Capitulo I- Introdução
O dia amanhece, os primeiros raios de Sol erguem-se sobre um horizonte limpo. As janelas dos quartos abrem-se deixando os ares da aurora matinal entrarem, os pássaros esticam as asas e voam para longe.
Num Reino muito distante no Sudão, o jovem príncipe Aragón tinha que se casar pois seu pai, o grande Rei João Sem Terra, que ficou conhecido na Grandiosa Batalha do Moro ganhou – a por descuido, o Rei de Alem e Aquém Léguas escorregou numa casca de Banana que a sua Chita comera, este foi internado por ter partido as duas pernas.
O jovem Infante Aragón tinha acabado de fazer dezoito anos, quando um belo dia, pediu licença a seu pai para ir caçar uma vez que estava farto daquela vida do Castelo, de lá ficar, de andar pelos corredores de um palácio onde todos os seus empregados lhe faziam continência, à sua passagem.
Entra na sala do reino onde se costumavam sentar o rei e a rainha no torno, nas suas cadeiras vermelhas, e viam através de uma janela ao longe as colinas de Nifitites.
Infante sai dos seus aposentos e caminha elegantemente de mãos atrás das costas e de olhos fixos sob as pedras acinzentadas do pavimento um jovem alto e esguio caminha uns olhos azuis olham a cada canto e cada recanto tristes por estar confinado a quatro paredes do seu palácio por não ter amigos por não conhecer o outro lado da parede de seu quarto o jovem príncipe sentia-se em baixo só e desolado de todo olhava através de janelas para a vida que corria lá fora e que teimava em fugir-lhe por entre os dedos. Entra na sala do Trono e caminha pisando delicadamente a manta que alude uma coroa amarela estampada.
- Bons dias majestades! – Cumprimenta fazendo uma vénia e ajoelhando-se aos pés dos reis.
- Bons dias Príncipe! – Responde em coro – O que quereis? – Continua Rei João Sem Terra.
- Majestade! Venho-vos pedir autorização para ir caçar…
- Já estudou?
- Sim senhor… - Respondeu o príncipe
- Então nesse caso arranje alguém para ir consigo, e podeis ir caçar. Mas não se atrase para o almoço.
- Sim senhor!
Aragón levantasse rapidamente e ia a sair.
- Ahm…
- Perdão? Esqueceu-se de dizer alguma coisa? – Inquire voltando-se para a rei.
D. Helena Avilez, sua mãe, cochicha baixo ao ouvido do marido.
- Sim, sim eu sei… mas também ele ainda é novo de mais.
- Sim mas e se é morto – esbugalha os seus grandes olhos embaciados – ai! Nem quero imaginar tal hipótese. – Afirma aterrorizada – mas nesse caso não tem alguém que lhe suceda.
O Príncipe volta à presença de seus pais. Ajoelha-se novamente nos degraus da escada.
- Diga!
- Ahm… Filho! Nem sei por onde começar. – Começa por dizer seu pai.
- Entramos em guerra?
- Não! – O Rei levanta-se da sua cadeira, vai até à janela e olha para os campos verdejantes em volta do seu castelo – Aragón!- Chama-o – Simplesmente, tens que contrair matrimónio, filho!
avatar
Anne Margareth
Brontë
Brontë

Localização : Lisboa

Histórias Publicadas : -----------
A Força d'um Amor (+18) Tomo I: Amor Imortal

http://annemargarethfanfics.tumblr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum