FanFic Nacional
Inscreve-te no fórum para teres acesso a comentários, galerias e votações.

{Verdade na Mentira}

Página 1 de 5 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

{Verdade na Mentira}

Mensagem por Nitaa em Qua Maio 23, 2012 7:26 pm

Olá Gente *--*
Hoje trago-vos a minha primeira fic original, na esperança de receber opiniões e criticas que ajudem-me a melhorá-la (:
Aviso que, como não tenho muito escrito, poderei demorar um pouquinho a postar os capítulos, mas tentarei não tardar muito (claro que só postarei se vocês quiserem (; )
Sem mais demoras apresento-vos:




Introdução
Naqueles momentos em que o presente dói e o futuro é incerto, naqueles momentos em que o céu se encontra chuvoso e dizem que poderá trovejar em breve, naqueles momentos em que uma simples lágrima carrega mais dor do que um arranhão, o vislumbre das ensolaradas ocasiões em que um tímido sorriso escondia mais alegria e amor que um turbilhão de nuvens aconchegam o sol, é bem-recebido para encorajar os desvigorados a se impor perante as adversidades. Assim, cinco corações amigos, movidos pela chama da salvação, uniram-se para fazer florescer o lugar da liberdade, da magia e da igualdade. A terra que permitiu àqueles que sempre foram adorados a fugir de ser maltratados, por um olhar carregado de crueldade, inveja e ódio. O mundo oculto e polvilhado pelos mais fantásticos sonhos, incapazes de serem sonhados por qualquer sonhador lunático, onde tudo o que era real se baseava na transcendental magia…
Uma dimensão fechada para os humanos e destruída pela ambição ao poder!
Mas, e se a armadura forjada para salvaguardar se tornasse nos punhais para ferir o coração mais crente? E se as promessas proferidas em verdades indubitáveis se revelassem numa mentira inimaginável?
Ninguém tem resposta para a incerteza. Contudo, nem sempre as sombras acolhem o mal, nem sempre a luz abriga o bem. A fim de nos salvaguardar, mais do que tornar os olhos nas suas armaduras, devemos tornar o nosso coração no nosso mecanismo de defesa.


Personagens
Taylor Swift as Selena Hale:
Britney Spears as Ondine "Di" Hale:
Rihanna as Eliane "Eli" Forest:
Betty White as Anthea Montgomery:
Sam Way as Dylan Montgomery:
Jessica Stroup as Claire Montgomery:
Mackenzie Foy as Ynes Wilson:
Alex Pettyfer as Claudius Tenebris:
Erin Wagner as Melissa Rosser:
Alexander Ludwig as Ethan Welch:


"Muitos acreditam que a verdade perderá contra a mentira, mas depois de muitas mentiras proferidas e esquecidas, a verdade permanecerá!"




Última edição por Nitaa em Ter Fev 05, 2013 3:03 pm, editado 15 vez(es)
avatar
Nitaa
Dante
Dante

Localização : Perto das Nuvens

Histórias Publicadas : -----------

http://spestigium-rpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: {Verdade na Mentira}

Mensagem por Helvanx em Qua Maio 23, 2012 7:35 pm

Super interessante!Estou muito curioso para ver o que sai dai. A Imagem muito sugestiva! Espero por mais sim?

Beijos,
Daniel
avatar
Helvanx
Joyce
Joyce

Localização : Algures no mundo!

Histórias Publicadas : -----------

http://fuckingandnothingspecial.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: {Verdade na Mentira}

Mensagem por Nitaa em Qua Maio 23, 2012 7:38 pm

Helvanx escreveu:Super interessante!Estou muito curioso para ver o que sai dai. A Imagem muito sugestiva! Espero por mais sim?

Beijos,
Daniel
Ainda bem que despertei curiosidade ;b
Espero que o interesse não desapareça :)
Em breve postarei o prólogo
Xoxo :*
avatar
Nitaa
Dante
Dante

Localização : Perto das Nuvens

Histórias Publicadas : -----------

http://spestigium-rpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: {Verdade na Mentira}

Mensagem por Fox* em Qua Maio 23, 2012 7:39 pm

Estive sempre para te perguntar se eras a mesma autora desta história (tinhas o mesmo nome, mas podia ser só coincidência!), mas já que isto aqui está, não tenho dúvidas!
Mudaste as coisas, não foi? Pelo menos não me lembro destas personagens, havia antes um Dylan, uma Rose... Uma Claire, que continua!
Bem, seja como for, se continuar uma história tão boa como a outra, eu alinho ;)!

Fox*
Moderadora
Moderadora

Localização : Debaixo da Cama

Histórias Publicadas : -----------

http://aroundmylittleworld.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: {Verdade na Mentira}

Mensagem por Nitaa em Qua Maio 23, 2012 7:45 pm

Fox* escreveu:Estive sempre para te perguntar se eras a mesma autora desta história (tinhas o mesmo nome, mas podia ser só coincidência!), mas já que isto aqui está, não tenho dúvidas!
Mudaste as coisas, não foi? Pelo menos não me lembro destas personagens, havia antes um Dylan, uma Rose... Uma Claire, que continua!
Bem, seja como for, se continuar uma história tão boa como a outra, eu alinho ;)!
Sou a mesma autora, sim senhora xP
Mudei um pouco as coisas, uma vez que achei que a história podia ser melhorada e surgiram-me umas ideias, então pumba: mudei um pouco as coisas. Acrescentei ideias, personagens, mudei nomes, comecei a basear-me mais em cenas, em vez de criar tudo na minha cabeçorra, etc etc etc...
Espero que continues a gostar desta nova versão, assim como gostavas da anterior e, se gostares ainda mais, melhor (:
P.S: Críticos dizem que está melhor x)


Última edição por Nitaa em Qui Maio 24, 2012 3:10 pm, editado 2 vez(es)
avatar
Nitaa
Dante
Dante

Localização : Perto das Nuvens

Histórias Publicadas : -----------

http://spestigium-rpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: {Verdade na Mentira}

Mensagem por PandoraTheVampire em Qua Maio 23, 2012 8:56 pm

Estava como a Fox. Julgava que eras tu mas não tinha a certeza. E como ainda não tinhas postado achei que estava enganada. Daí a nunca ter referido esta original que já cá estava a fazer falta! Sendo assim agora sei perfeitamente quem és! (desculpa a minha ignorância, podia ser coincidência, como diz a Fox...) Fico contente por estares a postar isto. Estava super curiosa quanto à história e agora ainda estou mais porque já vi que mudaste certas personagens e está visto que isto vai dar alguma reviravolta interessante! Mal posso esperar!! Posta depressinha!

Podes contar com os meus comentários! ;)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: {Verdade na Mentira}

Mensagem por Nitaa em Qua Maio 23, 2012 9:18 pm

PandoraTheVampire escreveu:Estava como a Fox. Julgava que eras tu mas não tinha a certeza. E como ainda não tinhas postado achei que estava enganada. Daí a nunca ter referido esta original que já cá estava a fazer falta! Sendo assim agora sei perfeitamente quem és! (desculpa a minha ignorância, podia ser coincidência, como diz a Fox...) Fico contente por estares a postar isto. Estava super curiosa quanto à história e agora ainda estou mais porque já vi que mudaste certas personagens e está visto que isto vai dar alguma reviravolta interessante! Mal posso esperar!! Posta depressinha!

Podes contar com os meus comentários! ;)
Nice Nice!! YEYEYEYEYEYEY *--*
Eu só não postei mais cedo porque queria ter umas coisinhas escritas antes de postar aqui!
Mas bem, agora que as identificações estão feitas: LET'S START THE PARTY!!!
(Desculpem mas acabei de jantar e estou ganzada)
Fico feliz por saber que esta pequena coisinha minha estava a fazer cá falta (;
Eu vou ver se consigo actualizar isto depressinha como é pedido!
avatar
Nitaa
Dante
Dante

Localização : Perto das Nuvens

Histórias Publicadas : -----------

http://spestigium-rpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: {Verdade na Mentira}

Mensagem por Fox* em Qua Maio 23, 2012 9:25 pm

Bem me parecia que eras tu... Nunca me enganaste! xD
Ok, se os críticos dizem, eu aceito a opinião totalmente! Vou continuar deste lado para ver!
Se precisares de ajuda nalguma coisa, a minha oferta mantém-se (eu acho que me ofereci para te ajudar, não foi? o.O)
:D

Fox*
Moderadora
Moderadora

Localização : Debaixo da Cama

Histórias Publicadas : -----------

http://aroundmylittleworld.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: {Verdade na Mentira}

Mensagem por Andy Girl em Qua Maio 23, 2012 9:36 pm

Nita Maria!
Tu vais arrasar com esta história!
Eu queroo ver logo o Próologo aqui postado!
Vá!
Beijinhos!
avatar
Andy Girl
Camões
Camões

Localização : Num Lugar Chamado Sonho

Histórias Publicadas : -----------

http://cantarsentimentos.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: {Verdade na Mentira}

Mensagem por Nitaa em Qua Maio 23, 2012 9:51 pm

Fox* escreveu:Bem me parecia que eras tu... Nunca me enganaste! xD
Ok, se os críticos dizem, eu aceito a opinião totalmente! Vou continuar deste lado para ver!
Se precisares de ajuda nalguma coisa, a minha oferta mantém-se (eu acho que me ofereci para te ajudar, não foi? o.O)
:D
A menina estava aí com um dedinho que advinha... Parece que és bruxa xD
Quero ler depois os teus comentários se vais ficar desse lado a assistir a isto xP
Provavelmente ofereceste. Não me recordo =$
Mas se quiseres ajudar, eu aceito a tua ajuda (:
Opiniões nunca são demais (;
É que eu quero fazer algo em grande e deixar todos de boca aberta como vocês sabem fazer x)


Andy Girl escreveu:Nita Maria!
Tu vais arrasar com esta história!
Eu queroo ver logo o Próologo aqui postado!
Vá!
Beijinhos!
Tens muita fé em mim, Andy!
Mas obrigada pelas palavras de incentivo *--*
Ainda esta semana sou capaz de postar o prólogo (;
Xoxo :*


Última edição por Nitaa em Qui Maio 24, 2012 3:11 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Nitaa
Dante
Dante

Localização : Perto das Nuvens

Histórias Publicadas : -----------

http://spestigium-rpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: {Verdade na Mentira}

Mensagem por Nitaa em Qui Maio 24, 2012 3:41 pm

Spoiler:
Sorry o Double Post, mas é necessário (:
Obrigada a todos os que comentaram (:
Trago-vos o prologo para saciar um pouco a curiosidade (ou para aguçá-la...)

Peveencip
Os meus passos apressados ecoavam pelos enormes e quase vazios corredores do grandioso palácio. Este fazia lembrar a qualquer humano a época renascentista numa harmoniosa mistura com época medieval e o período contemporâneo, onde tudo era majestoso num simples lugar em que o chão reflectia mais que espelhos, e as paredes e tectos mostravam ser verdadeiras obras de arte inalcançáveis por qualquer quadro pintado por Picasso ou Da Vinci. Na verdade, nenhuma obra-prima alguma vez criada poderia equiparar-se á magia que pairava nos ares e que tornava este lugar no mais magnífico e mais apaixonado de todos os lugares alguma vez encontrado no universo.
Perdida nos meus pensamentos saudosistas, aproximei-me da grande porta que dava acesso ao salão principal, mais conhecido pela sala do trono, onde a minha doce irmã e o meu adorado cunhado se encontravam, nesta noite primaveril, a partilhar o seu amor e as suas ideias futuristas do tão aguardado presente que estão prestes a receber: o primeiro filho.
Pessoalmente, detestava quebrar um ambiente tão puro e flamante de carinho, preferindo deixar as responsabilidades para depois. Todavia, como monarcas do nosso povo, eles deveriam saber daquilo que ocorre por entre os bosques e as ondas do oceano. Suspirei pesadamente e acenei aos guardas, que permaneciam constantemente em serviço, para me abrirem a porta. Não que adorasse este excesso de soberania, mas eu descendia de uma linhagem da realeza, dizem que tenho sangue azul e, segundo a minha irmã, devemos viver essa particularidade com intensidade.
- Carrego desgostosas notícias que circulam por toda a aldeia. – Informei com pesar enquanto me deslocava até ao centro do enorme salão.
- Desejava que este momento de eterna felicidade não fosse manchado com tintas de amargura, mas o dever nos chama. – Proferiu elegantemente a rainha Guinevere, quebrando o abraço de conforto que mantinha com o seu amado.
A rainha caminhou graciosamente até mim para ouvir com mais respeito as palavras desta sua conselheira. Aquele enorme ventre demonstrava que o nascimento da pequena princesa estava próximo, embora ela ansiasse por ficar no calor maternal por mais umas semaninhas.
- Lamento ter de escurecer ainda mais esta noite de lua nova. – Expressei denotando angústia no meu tom de voz. – Aquilo que tanto temíamos aconteceu. Após o trágico incêndio que retirou a vida aos anciãos do clã Tenebris, hoje à noite a última vida fora retirada. Diz-se pela taberna que o irmão mais velho, Claudius, fora hoje morto nas profundezas da floresta encantada. Ainda não se sabe ao certo se este rumor é verídico, mas Felice já canta melodias tenebrosas de vitória. – Contei desgostosa.
Felice matara os seus familiares próximos a sangue frio, sem qualquer sentimento de pena ou misericórdia, somente por vingança das mentiras proferidas como forma de protecção, mas não se a pode culpar pela falta de provas, o que lamento profundamente. Pergunto-me se a mentira merece castigo de tal tamanho ou se aquilo fora puro exagero daqueles olhos e coração negro.
- Isso é terrível. Claudius era um bom homem e uma mais-valia para os filhos de caos. – Manifestou a minha irmã entristecida pela notícia. – Ele não merecia tal fim brutesco. Mas Felice já provou ter bebido das sombras. – Revelou desanimada enquanto contemplava o negro e vasto céu. – Até as estrelas se escondem perante tal impetuosidade. Como pode alguém festejar a morte dum ente querido? – Perguntou confusa.
- Acho que o querido está a mais, minha irmã. – Disse pensativa.
A verdade é que nem na minha cabeça este acontecimento cabia. Se algo acontecesse à minha mãe ou à minha irmã acho que nunca mais me conseguiria levantar. Já bastara o aperto e o sufoco sofrido pelo meu coração após a perda do meu adorável pai que só de imaginar mais alguma perda, o meu chão parece despedaçar-se debaixo dos meus pés.
- Tens total razão. – Concordou tentando aliviar-se. - Desde esta manhã que sinto um aperto no peito e mais agora por saber o motivo. Um tumulto surgiu na minha alma e neste pequeno ser.
- Mas estás bem? Precisas que chame a Atalia? – Perguntei preocupada.
- Não é necessário. Os deuses disseram-me que ela não viria tão cedo para este mundo, mas parece que ela quer vir agora para aqui. Será que isto significa algo? – Questionou tanto aos presentes como para os deuses na esperança de obter respostas para as suas dúvidas.
- Sei que não é o momento… - Começou o pai da minha sobrinha. – Mas acho que estas mortes carregam muito mais do que aquilo que aparenta. – Opinou depois de bastante tempo perdido em pensamentos. – Falou-se da morte dos velhos Tenebris e agora a de Claudius e todos acreditam que Felice é a responsável por tais homicídios, mas nada se ouviu sobre Envy, a filha mais nova do casal. Que lhe terá acontecido? – Interrogou ainda nas suas reflecções.
- Nunca ouvi falar de uma filha mais nova! – Exclamou Guinevere um pouco asfixiada. – Não falemos deste assunto. Depois trataremos disto. – Pediu num suspiro sufocado. – A água está mais gélida que o vento invernal, provocando-me tremores e arrepios… A terra estremece com sombrias cantigas, mais negras que as tumultuosas profundezas das cavernas… De quê que as estrelas se escondem? – Sussurrou agoniada por sentimentos que eram desconhecidos aos restantes, fazendo-nos ficar alarmados.
Um silêncio caiu no aposento uma vez que todos se encontravam mergulhados nas palavras desconfortáveis que a rainha proferira, até que gritos de agonia e dor se fizeram ouvir. Os deuses poderiam afirmar que só dentro de algumas semanas aquele ser viria ao mundo, mas circunstancias que ninguém conhecia fizeram com que os nove meses chegassem mais cedo e aquela pequena criatura esquecesse o conforto e aclamasse pelo mundo exterior.
Num borrão para o olhar comum, milhares de mãos levaram a rainha para o seu aposento e realizaram um nascimento que ninguém ia esquecer. Mantive-me longe até que um choro infantil ecoou por todo o palácio, enunciando a chegada do raio de sol às nossas vidas. Perante tal som, um sorriso surgiu na minha inquietada face e fez-me caminhar de forma a poder apreciar tamanha maravilha.
Algo me parou, algo incomum.
Na sala de trono onde ainda me encontrava, uma grandiosa e resplandecente luz surgiu, iluminando cada recanto do aposento.
- Tens de a levar daqui, espirito do mar. – Ouviu-se numa voz de sonho que nem sabia se era real.
Girei nos calcanhares em busca de tal melodia, vendo uma das mulheres mais belas e majestosas que alguma vez vira. Minha irmã era soberba e graciosa, com aparência e glamour de uma rainha, mas aquela fazia Guinevere necessitar de escalar montanhas para ter uma afiguração daquela majestosidade. A sua beleza era difícil de qualquer ser comum alcançar e a luz que ela emanava reflectia mais que uma simples alma, espelhava o poder de uma deusa invencível.
- Eu não entendo. – Consegui expressar por fim numa voz acanhada.
- És muito mais do que aquilo que pensas, filha de Talassa. Devias de te valorizar mais, usufruir do sangue real que corre nas tuas veias. – Sugeriu numa voz e sorriso maternal, aquecendo-me o coração mais do que qualquer fogueira numa noite gelada.
- Eu não entendo. – Repeti sentindo-me tonta e infantil ao pé daquele ser omnipotente.
- A perda de um amor eterno causa danos irreparáveis, mas nesta noite sem lua, é preciso que uma vela se acenda. – Revelou tentando acordar-me. – A deusa da lua deve ser protegida até que a sua alma se encontre disposta a resolver a profecia que lhe caiu nos ombros. Consegues aceitar esta missão que te dou, pequena onda? – Perguntou-me colocando as suas sedosas mãos nas minhas bochechas e fazendo os meus olhos azuis como o mar encarar os seus olhos platinados como a lua.
- Consigo. – Assenti quase que hipnotizada.
- Mas deves guardar segredo até a sua alma estar preparada. – Explicou beijando a minha testa. – Que a minha bênção e a bênção de todos os deuses estejam contigo, espirito do mar. – Disse desaparecendo num suspiro mágico.
Algo me dizia que a lua não voltaria a brilhar com tanta intensidade como nos últimos tempos e que iria muito mais frequentemente trovejar por dentre as nuvens cinza que cobrirão o sol.
***
E que tal? Gostaram?
P.S: Há certas personagens que interviram aqui e que não coloquei na lista de personagens, mas elas, para já, só entram mesmo no prólogo. Quando elas se tornarem mais frequentes (o que é apenas na segunda parte da história) apresentá-las-ei.
avatar
Nitaa
Dante
Dante

Localização : Perto das Nuvens

Histórias Publicadas : -----------

http://spestigium-rpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: {Verdade na Mentira}

Mensagem por Andy Girl em Qui Maio 24, 2012 3:51 pm

Isto promete muita intriga!
Eu quero ver como isto vai parar!
A pequena mal nasceu já tem problems, até tenho pena dela!
Vá continua láXD
Beijinhos!
avatar
Andy Girl
Camões
Camões

Localização : Num Lugar Chamado Sonho

Histórias Publicadas : -----------

http://cantarsentimentos.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: {Verdade na Mentira}

Mensagem por Nitaa em Qui Maio 24, 2012 3:55 pm

Andy Girl escreveu:Isto promete muita intriga!
Eu quero ver como isto vai parar!
A pequena mal nasceu já tem problems, até tenho pena dela!
Vá continua láXD
Beijinhos!
Essa de teres pena, fez-me sentir que fosse má muahahahah
Sou uma má da treta! Nem tenho jeito para ser má =$
Obrigada pelas palavras de incentivo (;
Xoxo :*
avatar
Nitaa
Dante
Dante

Localização : Perto das Nuvens

Histórias Publicadas : -----------

http://spestigium-rpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: {Verdade na Mentira}

Mensagem por PandoraTheVampire em Sex Maio 25, 2012 12:33 am

Não me recordo ao certo do primeiro capítulo que tinhas colocado no outro fórum, mas ao ler isto pareceu-me ser a primeira vez. Está diferente, não está? Não me lembro de teres falado da Felice sem ser na segunda parte... mas eu sou super esquecida, por isso... lol

Anyway, gostei muito! Está brilhante. Mal posso esperar pelo resto. Já conheço a história mas acho que a vais mudar. Até porque vejo nomes diferentes. Espero ansiosa pelo próximo! :p

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: {Verdade na Mentira}

Mensagem por Helvanx em Sex Maio 25, 2012 11:37 am

Eu estou sem palavras! Lindo, majestoso, intrigante... Sei lá! Adorei! Escreve mais sim? To à espera! ;)
avatar
Helvanx
Joyce
Joyce

Localização : Algures no mundo!

Histórias Publicadas : -----------

http://fuckingandnothingspecial.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: {Verdade na Mentira}

Mensagem por Fox* em Sex Maio 25, 2012 12:35 pm

Já vi o que mudaste! E não foi pouco, porque o prólogo anterior começava logo em Londres, não com toda esta explicação dos acontecimentos anteriores ao nascimento da nossa personagem principal!
Já estou a ver as coisas negras... Esse clã deveria ser importante e se foi morto assim, algo de muito mau se está a passar! Percebo porque querem tirar essa criança indefesa desse mundo o quanto antes!
Sim, Nitaa, acho que está melhor que o anterior e muito mais explicado (que nem era o objetivo nem nada!). Estou curiosa e pronta para as tuas atualizações :D

Beijinhos

Fox*
Moderadora
Moderadora

Localização : Debaixo da Cama

Histórias Publicadas : -----------

http://aroundmylittleworld.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: {Verdade na Mentira}

Mensagem por Nitaa em Sex Maio 25, 2012 6:20 pm

Pandora escreveu:Não me recordo ao certo do primeiro capítulo que tinhas colocado no outro fórum, mas ao ler isto pareceu-me ser a primeira vez. Está diferente, não está? Não me lembro de teres falado da Felice sem ser na segunda parte... mas eu sou super esquecida, por isso... lol

Anyway, gostei muito! Está brilhante. Mal posso esperar pelo resto. Já conheço a história mas acho que a vais mudar. Até porque vejo nomes diferentes. Espero ansiosa pelo próximo! :p
Este está MUITO diferente! Para além de ter acrescentado descrições, acrescentei novas personagens (nunca tinha mencionado o Clã Tenebris antes da segunda parte), alterei falas, criei novas intrigas, etc etc etc.
Fica desse lado para descobrir as novidades... Ficas? (:
Ainda bem que gostaste! Espero surpreender cada vez mais *--*


Helvanx escreveu:Eu estou sem palavras! Lindo, majestoso, intrigante... Sei lá! Adorei! Escreve mais sim? To à espera! ;)
Escreverei mais e actualizarei em breve (;
Ainda bem que estás a gostar.
Muito Obrigada pelos elogios (:


Fox* escreveu:Já vi o que mudaste! E não foi pouco, porque o prólogo anterior começava logo em Londres, não com toda esta explicação dos acontecimentos anteriores ao nascimento da nossa personagem principal!
Já estou a ver as coisas negras... Esse clã deveria ser importante e se foi morto assim, algo de muito mau se está a passar! Percebo porque querem tirar essa criança indefesa desse mundo o quanto antes!
Sim, Nitaa, acho que está melhor que o anterior e muito mais explicado (que nem era o objetivo nem nada!). Estou curiosa e pronta para as tuas atualizações :D
Beijinhos
Pois mudei! Ficou melhor?
Acho que é bom para causar mais impacto e deixar aí o ratinho da intriga (;
E sim! Acho que as coisas negras sempre deixam uma história cativante.
Mas para desvendar o que se esconde no Clã Tenebris, vais ter de esperar um pouco (ainda não decidi se revelo nesta parte ou se revelo apenas na segunda).
Ainda bem que a história melhorou...
É que, apesar de ser o meu bebezinho, estou a perder muito tempo para ver se a deixou de forma a encantar.
As explicações e descrições não estão excessivas? É que acho que tenho descrito muito...
Espero conseguir actualizar em breve.
Beijocas :*
avatar
Nitaa
Dante
Dante

Localização : Perto das Nuvens

Histórias Publicadas : -----------

http://spestigium-rpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: {Verdade na Mentira}

Mensagem por Mia Angel em Sex Maio 25, 2012 8:13 pm

Li tudo querida Nita, bem, gostei imenso, e dizes tu que não tens talento para escrever! Foste fantástico, espero por mais!
xoxo

____________________________
avatar
Mia Angel
Moderadora
Moderadora

Localização : Only God Knows

Histórias Publicadas : -----------

http://awesomebitchever.tumblr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: {Verdade na Mentira}

Mensagem por Nitaa em Sex Maio 25, 2012 8:38 pm

Mia Angel escreveu:Li tudo querida Nita, bem, gostei imenso, e dizes tu que não tens talento para escrever! Foste fantástica, espero por mais!
xoxo
Obrigada por teres lido (;
Ainda bem que gostaste!!
E não tenho! Ainda tenho tanto para treinar até ter jeito para a coisa (:
Obrigada pelos elogios *---*
avatar
Nitaa
Dante
Dante

Localização : Perto das Nuvens

Histórias Publicadas : -----------

http://spestigium-rpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: {Verdade na Mentira}

Mensagem por Nitaa em Seg Maio 28, 2012 7:39 pm

Spoiler:
Sorry! Double Post necessário (:

Gente da Terra!!
Obrigada a todos que deixaram a sua opinião (;
Bem, mais um capitulo de "Verdade na Mentira". Não sei como, mas parece que os meus capítulos cresceram e, por isso, para isto não ficar enorme aqui de forma a que possibilite que adormeçam a meio, vou colocar o meu capítulo por partes.
Espero que gostem (;


- Parte I -


Londres
Os frágeis raios de sol beijaram-me nesta manha fazendo-me acordar antes do meu irritante e um pouco partido despertador em forma de lua o fazer. Acho que hoje ele ficou agradecido de não voar contra a parede do meu quarto e se juntar às pequenas pecinhas que se encontravam naquele canto e que em tempos lhe pertencera. Infelizmente para ele, a função de me acordar era um pouco dolorosa porque, apesar de não ser preguiçosa, a minha relação com a cama é indestrutível e eterna. Dormir é bom, porque vou para a terra dos sonhos e o meu inconsciente cria ilusões muito aconchegantes.
Recentemente, o meu sonho era sempre o mesmo. Nestes últimos dias, o meu sonho repetia-se constantemente. Via-me sentada na relva perfeitamente aparada, enquanto a luz da lua me agasalhava e protegia, tornando os rubis do meu coral ainda mais brilhantes. Era estranho, mas todas as noite o mesmo sonho de princesa surgia, embora em diferentes episódios. Nuns eu dançava como na época medieval, noutros sentava-me num trono mais reluzente que qualquer ouro ou prata e sorria para os que me visitavam. Talvez precisasse de parar de ler os inúmeros livros que lia e descer à Terra, apesar de ela não ser tão confortável como o mundo das fantasias.
- Miss Hale, eu espero que a sua presença seja notada em menos de meia hora na cozinha. Para um melhor rendimento do seu corpo e da sua mente, deve tomar o pequeno-almoço antes de se deslocar para o seu estabelecimento de ensino onde ouvirá sábias pessoas a ensinar-lhe doutrinas e informações, essenciais para a construção de uma melhor vida e de um melhor futuro. – Ouvi do outro lado da porta do meu quarto.
A minha mãe já devia estar enfurecida por me levantar sempre tão tarde e a atrasar, mas chegar ao ponto de falar de forma tão educada e com palavras tão cuidadas e ricas até me deu vontade de rir, apesar de me ter controlado para o sermão não ser pior do que o habitual.
- Acabaste de me assustar, Ondine! – Berrou Eliane da banheira da casa de banho do corredor, fazendo-me soltar altas gargalhadas que se ouviu por toda a casa.
Um pouco a custo, levantei-me e tomei um duche rápido para acordar. Não que tivesse a mania das limpezas, mas nos meus rituais de cuidado de beleza, tinha sempre um duche de manhã para acordar e um banho mais longo antes de me ir deitar, de forma a eliminar as impurezas do dia e ir com a pele fresca para a cama. Alguns chamam mania das grandezas, eu chamo-lhe cuidado com o meu corpo e comigo.
Depois de verificar se estava pronta para descer, reparei que a meia hora tinha praticamente passado, faltando pouco mais de dois minutos para o relógio da cozinha ditar sete horas da manhã e trinta minutos. Desci apressada as poucas escadas de madeira escura que tínhamos na casa e encontrei a minha mãe à porta com um saco de papel nas mãos. Dei-lhe um beijo carinhoso e vesti o casaco, preparando-me para sair, uma vez que o cheiro a torradas recentemente feitas e a café era notado no pequeno hall de entrada.
Enquanto vestia o meu longo sobretudo branco de forma a ficar quentinha neste frio invernal, aproveitei para apreciar a minha rica mãe.
O seu corpo esbelto encontrava-se coberto com as típicas roupas formais e empresariais que sempre a vi usar. O seu vestido justo de um tom azul-marinho assentava-lhe que nem uma luva, realçando as suas curvas e as suas longas pernas. Nos seus pés encontravam-se uns botins pretos de salto alto, combinando com o cinto largo e o blazer preto que a protegia do frio. O seu cabelo loiro, que muitas vezes vi a cair em suaves ondas selvagens pelas suas costas, dispunha-se no habitual coque que impunha respeito naquela jovem mulher. Porém, hoje a sua expressão não era tão sisuda, podendo divisar na sua testa algumas rugas formadas pelo nervosismo. Isso era muito estranho… Era estranho vê-la nervosa, uma vez que segurança e certezas sempre marcavam a aparência da minha doce mãe.
- Como decidiste passar os teus trinta minutos na companhia do espelho em vez de nos presenteares com a tua pessoa na mesa do pequeno-almoço, preparei um pequeno lanchinho que iras apreciar durante o caminho até à escola. Peço que as migalhas feitas se mantenham dentro do saquinho. O meu carro fora recentemente limpo. – Expressou no mesmo tom educado e calmo, apesar de na sua voz encontrar-se um pouco de censura pelo meu comportamento.
- Obrigada pela sua generosidade, minha doce mãe. – Disse no mesmo tom de voz requintado. – Porquê que estás a falar assim? – Perguntei agora casualmente. - Normalmente estás aos berros e a dar-me uma descompostura que me deixa com os cabelos arrepiados. – Constatei perspicaz.
- Queres que te dê uma descompostura? – Questionou espantada com um sorriso de quem tem em mente algum sermão que está a evitar dar.
- Na verdade não… Mas que é estranho é. – Manifestei abrindo a porta do brilhante e moderno mini cooper azul da minha mãe. Entrei deixando-a a pensar nas minhas palavras enquanto segurava a sua porta e fechei a minha assim que estava dentro do carro.
- Sou assim tão má? – Inquiriu retoricamente na dúvida. Entrou no carro e ligou-o, mas antes de arrancar suspirou. - Tenho uma reunião importante e quero fazer boa impressão. – Justificou por fim a sua atitude anormal de hoje.
Uma sensação de entendimento passou por mim quando ela me explicou o motivo para ela usar tal tom educado e palavras tão cuidadas. A minha mãe é uma mulher que gosta de ser a melhor naquilo que faz, quer seja na sua apresentação, quer seja naquilo que executa realmente. Por isso, quando ela tinha uma reunião na empresa, ela apreciava produzir boa impressão, esperando que a nossa vida mudasse para melhor. Sempre que havia uma reunião, aconteciam mudanças na nossa vida e esperamos sempre que fosse para algo que nos desse estabilidade. Passar a nossa vida sem casa própria e eu sem amizades, não era propriamente estabilidade. Queríamos poder sair à rua e cumprimentar para os vizinhos de há vinte anos, caminhar na escola e pertencer a um grupo nem que seja dos falhados, entrar numa casa e não ver nada em caixotes, mobila-la como apreciamos e saber que as coisas só saíram dali se alguma coisa de grave acontecesse. Gostava que a minha mãe pudesse ficar tempo que chegue num sítio para que se pudesse apaixonar, casar, dar-me irmãozinhos e viver uma longa vida ao lado do homem que ama. Não me importo que não seja o meu pai, na verdade nem tenho muito afecto com ele, não sei quem ele é e ele não se parece importar de não saber quem eu sou. Por isso, acho que os sentimentos que nutrimos um pelo outro são tão mútuos que um homem charmoso e amigável para a minha mãe era o ideal para ser um pai para mim.
- Tu serás fantástica. – Assegurei por fim, transmitindo confiança nas minhas palavras.
- Será? Isto pode ser uma grande oportunidade para nós e eu não quero de modo algum fazer asneira. – Contou insegura.
- Tenho a certeza que serás brilhante. É impossível não o seres. És bonita, elegante, requintada e muito sedutora. Basta piscares os olhos e tudo te cai aos pés. – Exprimi com um sorriso de orgulho.
- Exagerada! – Criticou com um sorriso aliviado. – Mas obrigada. Vou tentar lembrar-me dessas palavras para não fazer má figura. – Riu um pouco nervosa, mas tentando-se acalmar. Ela sabia que os nervos poderiam arruinar tudo.
Depois disto, ela foi tagarelando mil e um planos para fazer com que tudo corresse bem na reunião, embora nenhuma ideia fosse escutada. Estava perdida nos meus pensamentos mais vagos, pelo que fui apanhada de surpresa com as suas palavras finais do discurso que de repente mudou de tema.
- Olha lá… Que aconteceu ao urso que te dei quando eras miúda? Aquele de cor de avelã com um laço aos quadradinhos vermelhos pendurado no pescoço... - Perguntou curiosa. – Encontrei-o todo esfaqueado e degolado no balde do lixo esta manhã.
- O Mr. Fight? Encontrei-o todo estragado debaixo de umas caixas ontem… Como estava em mau estado preferi desfazer-me dele. – Menti um pouco nervosa.
- De certeza? – Inquiriu desconfiada pela minha reacção.
Um dia, ela disse-me que era capaz de saber quando eu mentia e acho que essa habilidade se manifestava agora mesmo.
- Absoluta. – Confirmei, tentando ser o mais natural possível.
- Está bem. – Declarou um tanto incerta se devia ou não insistir. – Mas se alguma coisa estiver errada, quero que me venhas falar imediatamente. – Pediu olhando-me por segundos.
- Claro, mãe. Se alguma coisa se passar, irei a correr ter contigo e desabafar. – Prometi.
À medida que prometia aquilo que minha mãe me pedia, cruzei os dedos para que a promessa não tivesse efeito. Eu era rapariga de cumprir a palavra, mas se contasse o que se andava a passar comigo, a minha progenitora ainda me internava num manicómio ou me mandava falar com um psiquiatra e isso é como ser morta a nível social.
- Obrigada, Selena. É bom saber que posso confiar e contar contigo. – Desabafou aliviada com um sorriso maternal no rosto.
- Não precisas de agradecer. – Respondi dando-lhe um terno beijo na sua face antes de sair do carro já parado e me dirigir ao prédio principal da escola.


***
Que tal?
Gostaram?


Última edição por Nitaa em Sab Jun 02, 2012 10:03 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Nitaa
Dante
Dante

Localização : Perto das Nuvens

Histórias Publicadas : -----------

http://spestigium-rpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: {Verdade na Mentira}

Mensagem por Andy Girl em Seg Maio 28, 2012 7:54 pm

um, tou para ver essa reunião a correr bemXP
á quero mais, este soube a pouco!
avatar
Andy Girl
Camões
Camões

Localização : Num Lugar Chamado Sonho

Histórias Publicadas : -----------

http://cantarsentimentos.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: {Verdade na Mentira}

Mensagem por CatariinaG' em Seg Maio 28, 2012 8:31 pm

Adorei!!!!!!
keep on!

____________________________
avatar
CatariinaG'
Administradora
Administradora

Histórias Publicadas : -----------

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: {Verdade na Mentira}

Mensagem por Nitaa em Seg Maio 28, 2012 8:45 pm

Andy: Soube? Bem, acho que vou tentar saciar isso em breve (;

Cat'G: Sério? Obrigada (;
avatar
Nitaa
Dante
Dante

Localização : Perto das Nuvens

Histórias Publicadas : -----------

http://spestigium-rpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: {Verdade na Mentira}

Mensagem por Fox* em Ter Maio 29, 2012 7:25 pm

Mentirosa... Oh, nem a tua mãe acreditou em ti! Alguma coisa andas a esconder, Selene!
Gostei do ambiente da casa e dos pensamentos da filha, principalmente da forma como caraterizou a mãe! É notório o orgulho que tem nela e em tudo o que ela atingiu!
Se a tia for como me lembro, vou-me rir bastante :D

Keep up with the good work :D

Fox*
Moderadora
Moderadora

Localização : Debaixo da Cama

Histórias Publicadas : -----------

http://aroundmylittleworld.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: {Verdade na Mentira}

Mensagem por Nitaa em Ter Maio 29, 2012 8:23 pm

Fox* escreveu:Mentirosa... Oh, nem a tua mãe acreditou em ti! Alguma coisa andas a esconder, Selene!
Gostei do ambiente da casa e dos pensamentos da filha, principalmente da forma como caraterizou a mãe! É notório o orgulho que tem nela e em tudo o que ela atingiu!
Se a tia for como me lembro, vou-me rir bastante :D

Keep up with the good work :D
eheheheheh
Sabes como é! Mãe que é mãe tem sempre um dedinho que adivinha.
Sim, ela tem orgulho na mãe, mas as coisas mudem né?
Na minha opinião, acho que a tia está pior, mas vou deixar que decidas xP
Obrigada por comentares e obrigada pelos elogios (;
avatar
Nitaa
Dante
Dante

Localização : Perto das Nuvens

Histórias Publicadas : -----------

http://spestigium-rpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: {Verdade na Mentira}

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 5 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum